icon
Minha Sacola
Sacola Vazia

Toalha Roda do Ano 1.00x1.40

0 Opiniões

Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível
Descrição Geral

Descrição do Produto: Toalha impressa em oxford 100% poliéster

Dimensões: 1.00 X 1.40cm (largura e comprimento)

Informações Adicionais: 

 A toalha forma o solo sagrado para práticas ritualísticas, criando assim uma ligação entre você e o universo.

O pentagrama é usado como amuleto e simboliza a unidade entre corpo e espírito e suas cinco pontas os quatro elementos da natureza (terra, ar, fogo e água) e o éter (o espírito). É o símbolo da união e da síntese, associado desde tempos remotos a magia e ao mistério.

Na antiga Mesopotâmia representava o poder imperial. E os egípcios o relacionavam as pirâmides, por representar o útero da Terra. Entre os druidas o pentagrama era o divino, a cabeça de Deus. Os celtas o associavam a Deusa Morrigham e os romanos a Deusa Vênus.

O planeta Vênus em seu movimento, descreve um pentagrama perfeito através de suas cinco conjunções inferiores.

Na Wicca o pentagrama está ligado a Deusa e ao elemento terra, sendo um dos principais símbolos da religião.

A Roda do Ano é o ciclo ininterrupto da vida, morte e renascimento, que são refletidas nas estações do ano, nas mudanças interiores e exteriores decorrentes da nossa ligação com o mundo. Ela simboliza a história ancestral da Deusa e do Deus e o ciclo de morte e renascimento de seu Filho e Consorte que é o próprio Sol.

É formada por 8 Sabbats e celebrada pelos praticantes da religião Wicca. Apesar de a maioria das celebrações remontarem a tempos antigos e pré-cristãos, a organização da Roda do Ano e dos 8 sabbats, tal como é feita hoje, é moderna e surgiu junto com a própria religião.

Os oito festivais da Roda do Ano consistem nos Equinócios e Solstícios, chamados de Sabbats menores, e os outros quatro que possuem datas fixas e seguem o ciclo agrícola, conhecidos como Sabbats maiores. São eles:

  • SAMHAIN - celebrado no dia 1º de maio no hemisfério Sul e no dia 31 de outubro no hemisfério Norte. Marca o término e o início da Roda do ano e é o momento em que o véu entre os mundos fica mais fino facilitando a comunicação com o outro mundo, é o tempo de homenagear os mortos, nossos ancestrais;
  • YULE - o Solstício de Inverno, celebrado por volta do dia 21 de junho, no hemisfério Sul, e do dia 21 de dezembro, no hemisfério Norte que marca o renascimento do Sol;
  • IMBOLC - celebrado no dia 1º agosto no hemisfério Sul e em 2 de fevereiro no hemisfério Norte, marca os primeiros sinais de luz e é a promessa do retorno da primavera;
  • OSTARA - o Equinócio de Primavera, celebrado por volta de 22 de setembro no hemisfério SUl e 21 de março no hemisfério Norte, marca a vida que renasce;
  • BELTANE - celebrado em 31 de outubro no hemisfério Sul e em 1º de maio no hemisfério Norte, comemora a União da Deusa e do Deus;
  • LITHA - o Solstício de Verão, celebrado por volta de 21 de dezembro no hemisfério Sul e 21 de junho no hemisfério Norte, marca o apogeu do Sol e também seu declínio;
  • LAMMAS - celebrado em 2 de fevereiro no hemisfério Sul e 1º de agosto no hemisfério Norte, marca a primeira colheita e o grão renascido que é ceifado;
  • MABON - o Equinócio de Outono, celebrado por volta de 21 de março no hemisfério Sul e 22 de setembro no hemisfério Norte, é a comemoração da segunda colheita.

Essas celebrações remetem a uma momento do ano e não a uma data específica, é por isso que apesar de terem se originado no hemisfério Norte a data de celebração no hemisfério Sul é diferente, pois o objetivo da Roda do Ano é estabelecer uma conexão entre o ambiente e nós, é explorar os mistérios das estações que expressam os ensinamentos dos Antigos e se aprofundar nos mistérios da Deusa e do Deus.

Ficha técnica
Código20573
CategoriaToalhas de Altar e Tarô
Marca0063mhdv
Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Produtos visitados