Ritual para o Samhain

Lembre-se:

- Este é apenas uma sugestão, sobre ele você pode se basear para criar seu próprio ritual. O que, sem sombra de dúvida, é muito legal... dar seu toque pessoal. Você pode também adaptá-lo para fazer com várias pessoas.

- Se estiver acompanhado com outras pessoas explique sem que tenha conotação catequizadora sobre o significado e o que fará. Integre as pessoas no ritual é muito chato fazermos coisas sem sabermos ao certo o que estamos fazendo.

VAMOS LÁ!

Antes do ritual, sente-se em silêncio e pense nos amigos e nas pessoas que não mais estão entre nós. Não se desespere, tenha a certeza de que partiram para coisas melhores. Tenha firme em mente que o plano físico não é a realidade absoluta, e que a alma jamais morre. Prepare o altar, acenda as velas e o incenso, forme o círculo. Recite o Canto das Bênçãos:

“MARAVILHOSA DAMA DA LUA VOCÊ QUE SAÚDA O CAIR DA NOITE COM BEIJOS PRATEADOS SENHORA DA NOITE E DE TODA A MAGIA QUE CAVALGA NAS NUVENS EM CÉUS ESCUROS E DERRAMA LUZ SOBRE A TERRA FRIA Ó DEUSA LUNAR QUE TECE E DESFAZ AS SOMBRAS REVELADORA DOS MISTÉRIOS DO PASSAO E DO PRESENTE QUE MOVE OS MARES E CONTROLA AS MULHERS SÁBIA MÃE LUNAR EU SAÚDO SUA JÓIA CELESTE NO CRESCER DE SEUS PODERES COM UM RITO EM SUA HONRA EU ORO SOB A LUA”

Agora Invoque a Deusa e o Deus:

"GRACIOSA DEUSA, RAINHA DOS DEUSES LANTERNA DA NOITE CRIADORA DE TUDO O QUE É SILVESTRE E LIVRE; MÃE DE HOMENS E MULHERS AMANTE DO DEUS E PROTETORA DE TODOS OS WICCANOS COMPAREÇA, EU PEÇO COM SEU RAIO LUNAR DE PODER CÁ EM MEU CÍRCULO!
DEUS BRILHANTE REI DOS DEUSES, SENHOR DO SOL MESTRE DE TUDO O QUE É SILVESTRE E LIVRE; PAI DOS HOMENS E DAS MULHERES AMANTE DA DEUSA LUA E PROTETOR DOS WICCANOS COMPAREÇA, EU PEÇO COM SEU RAIO SOLAR DE PODER, CÁ EM MEU CÍRCULO.”

Erga uma das romãs e, com sua recém - lavada faca de cabo branco, perfure a casca da fruta. Remova diversas sementes e coloque-as em um prato (preferencialmente com a roda de oito aros. Erga seu bastão, volte-se para o altar e diga:

“NESTA NOITE DE SAMHAIN ASSINALO SUA PASSAGEM, Ó REI SOL, ATRAVÉS DO POENTE RUMO À TERRA DA JUVENTUDE, ASSINALO TAMBÉM A PASSAGEM DE TODOS OS QUE JÁ PARTIRAM, E DOS QUE IRÃO POSTERIORMENTE. Ó GRACIOSA DEUSA, ETERNA MÃE, QUE DÁ À LUZ OS CAÍDOS, ENSINA-ME A SABER QUE NOS MOMENTOS DE MAIOR ESCURIDÃO SURGE A MAIS INTENSA LUZ”.

Distribua ou prove sozinho (se estiver celebrando solitário) as sementes de romã. Acenda um fogo dentro do caldeirão, sente diante dele, segurando o papel, observando suas chamas. Diga em voz alta:

“Ó SÁBIA LUA, DEUSA DA NOITE ESTRELADA, CRIEI ESTE FOGO DENTRO DE SEU CALDEIRÃO PARA TRANSFORMAR O QUE ME VEM ATORMENTANDO QUE AS ENERGIAS SE REVERTAM DAS TREVAS, LUZ! DO MAL, O BEM! DA MORTE O RENASCIMENTO!”

Ateie fogo ao papel com as chamas do caldeirão e jogue-os em seu interior. Enquanto queima, saiba que seu mal diminui, reduzindo-se e finalmente o abandonando ao ser consumido pelos fogos universais. ( Os fogos universais = o caldeirão, visto como a Deusa).

Se estiver com mais pessoas, espere que todas queimem seus papéis. Se houver papéis com nome das pessoas que já partiram, você pode adaptar ou criar algo parecido como o descrito acima para queimá-los. Depois disto feito, se quiser, poderá tentar visualizar em bolas de cristal ou usar outras formas de adivinhação. Trabalhos de magia, se necessários, podem seguir, Celebre o banquete simples.

Desfaça o círculo.


Fonte: Extraído do Livro – Guia Essencial da Bruxa Solitária - Autor: Scott Cunningham

Sem comentários

Você deve entrar para comentar.