O Ritual do Globo Azul

Sente-se confortavelmente e relaxe. Procure não pensar em nada.

1) Sinta como é bom gostar de viver. Deixe que seu coração sinta-se livre, amiga, acima e além da mesquinhez dos problemos que devem estar lhe atingindo. Comece a cantar alguma canção da infância, baixinho. Imagine seu coração crescer, enchendo seu quarto — e depois sua casa — de uma luz azul intensa, brilhante.

2) Quando chegar a este ponto, comece a sentir a presença amiga dos Santos em que você depositava fé quando criança. Repare que eles estão presentes, chegando de todos os lugares, sorrindo e lhe dando fé e confiança na vida.

3) Mentalize os Santos se aproximando colocando as mãos sobre sua cabeça, e lhe desejando amor, paz e comunhão com o mundo. A comunhão dos santos.

4) Quando esta sensação estiver bem intensa, sinta que a luz azul é um fluxo que entra e sai de você, como um rio brilhante, em movimento. Esta luz azul começa a se espalhar pela sua casa, depois pelo seu bairro, sua cidade, seus pais, e envolve o mundo num imenso globo azul. Ela e a manifestação do Amor Maior, que está além das batalhas do seu dia-a-dia, mas que lhe reforça e lhe dá vigor, energia e paz.

5) Mantenha o máximo de tempo possível esta luz espalhada pelo mundo. O seu coração está aberto, espalhando Amor. Esta fase do exercício deve demorar no mínimo cinco minutos.

6) Vá, pouco a pouco, saindo da transe e voltando à realidade. Os Santos ficarão por perto A luz azul continuará espalhada pelo mundo. Este Ritual pode e deve ser feito com mais de uma pessoa, se necessário.

Neste caso, as pessoas devem estar com as mãos dadas.

Fonte: Extraído do Livro - O Diário de um Mago - Autor: Paulo coelho

Sem comentários

Você deve entrar para comentar.